terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Desafio Sebrae 2000 e sempre

Deeeeeeeeeeuuuss!
Que jóia!
Gracias! Merci! Thanks! Valeeeeeeeeeeeuuuuuuu!!
Bacanaaaaaaaaaa mesmo! Super bacana. Provação pequena é bobagem! Tem que ser com força total! Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. Se eu me iluminar, tá tudo certo. Não me distraio mais com essas paixões, flores e doces. Perdão. Estarei mais atenta e consciente. Só tô respirando um pouco pra continuar working hard aqui na terra, em nome do Bem e da Luz. Hard Work! De coração, continuarei tentando. De coração, continuarei falhando. Sou humana e pequenina. Mas valeu de novo pela fé em mim, por achar que eu posso. Sou grata por Esse Amor. Me purifica e anima.

6 comentários:

Gabriela disse...

Raitchel, você poderia dar uma passadinha aqui em Marte? Estou precisando de um suco de laranja e três biscoitos passatempo...Ah, claro só se pudermas só se puder messsmo, dança o maxixe com o bozo?!

vai sangrar, mas vou amar sempre. disse...

Sempre vale a pena. Ame mais. Sempre mais. Sempre vale a pena. O depois deixa pra depois. Cada minuto de felicidade mostra o quanto vale viver o amor. Só sente a dor quem já amou, nem que seja por alguns instantes. Já sofri muito. Já amei demais. Vou sempre amar alguém, sempre.

deixa a vida que eu levo disse...

Que desespero sem tempero é esse.Olhe, temos sempre que viver o amor. Sem essa de lamentar ex-amor. A vida é construção e desconstrução de circunstâncias em busca da felicidade. E o pior, todo esse delicioso exercício, depende do sobrenatural dos hormônios que nos tornam misteriosos e inconstantes. Em respeito a todo este delicioso mistério vamos continuar abertos ao amor. Você é maior e muito melhor do que você imagina. De repente o teu eu está sorrindo ao teu lado. Xeiro, baixinha exigente.

deixa a vida que eu levo disse...

Que desespero sem tempero é esse.Olhe, temos sempre que viver o amor. Sem essa de lamentar ex-amor. A vida é construção e desconstrução de circunstâncias em busca da felicidade. E o pior, todo esse delicioso exercício, depende do sobrenatural dos hormônios que nos tornam misteriosos e inconstantes. Em respeito a todo este delicioso mistério vamos continuar abertos ao amor. Você é maior e muito melhor do que você imagina. De repente o teu eu está sorrindo ao teu lado. Xeiro, baixinha exigente.

deixa a vida que eu levo disse...

Que desespero sem tempero é esse.Olhe, temos sempre que viver o amor. Sem essa de lamentar ex-amor. A vida é construção e desconstrução de circunstâncias em busca da felicidade. E o pior, todo esse delicioso exercício, depende do sobrenatural dos hormônios que nos tornam misteriosos e inconstantes. Em respeito a todo este delicioso mistério vamos continuar abertos ao amor. Você é maior e muito melhor do que você imagina. De repente o teu eu está sorrindo ao teu lado. Xeiro, baixinha exigente.

deixa a vida que eu levo disse...

Que desespero sem tempero é esse.Olhe, temos sempre que viver o amor. Sem essa de lamentar ex-amor. A vida é construção e desconstrução de circunstâncias em busca da felicidade. E o pior, todo esse delicioso exercício, depende do sobrenatural dos hormônios que nos tornam misteriosos e inconstantes. Em respeito a todo este delicioso mistério vamos continuar abertos ao amor. Você é maior e muito melhor do que você imagina. De repente o teu eu está sorrindo ao teu lado. Xeiro, baixinha exigente.